Portal Yoga Brasil

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Iniciantes Ioga x Pilates

Ioga x Pilates

Lotus
O homem nasce frágil, mas muito flexível – capacidade que se perde com o passar do tempo. O ioga e o pilates recuperam a elasticidade do corpo e, de quebra, fortalecem músculos e demais estruturas. Para Wagner de Campos, doutor em educação Física e Estudo dos Esportes pela Universidade de Pittsburg e professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), as atividades são irmãs. Ambas são necessárias para deixar o corpo em ordem e não se excluem. Saiba um pouco mais sobre cada uma das práticas e escolha a sua preferida. Ou encare logo as duas de uma vez

Ioga - Os princípios

O ioga é um instrumento usado para buscar o autodesenvolvimento pessoal e espiritual. Segundo Vitor Caruso Júnior, professor de ioga e meditação, ordenado na Tradição Zen Budista do Mestre Thich Nhat Hanh e aluno do Dalai Lama, o ioga é como uma filosofia perene, que o homem usa para se elevar, esclarecer seu pensamento, sua relação com o mundo e o sagrado. Fora da Índia, onde a prática teve início, o termo costuma a ser associado ao hatha yoga e seus asanas (posturas) ou como forma de exercício.

A defesa

Entre os principais benefícios da prática estão o desenvolvimento físico, respiratório, emocional, mental e espiritual. A prática se destina a todos, sem restrições de idade ou condição física. “Já vi vários praticantes com mais de 80 anos, grávidas que querem ter um parto mais tranquilo, atletas que desejam maior consciência corporal, pessoas que buscam respostas existenciais mais profundas ou que passam por dificuldades emocionais”, comenta.

Quem se habilita?

As posturas que todo mundo conhece são parte do treinamento de observação e transformação da mente e corpo. O restante é meditação e autoconhecimento. “Um bom professor orienta o aluno a ser independente. Há quem pratique todos os dias em casa, mais de uma vez por dia, quando acorda e depois, antes de dormir. O papel do professor é apontar o próximo passo, mas quem dá o passo é o aluno”, explica o professor.

Um pelo outro

Dizer que o pilates condiciona o corpo mais do que o ioga é, segundo Caruso, desconhecer o significado dos dois. O pilates, enquanto prática inspirada no ioga, a partir da visão de um ocidental preocupado com aspectos físicos, traz benefícios calculados. No caso do ioga, o aspecto físico é apenas parte do processo, junto a outros níveis, como o respiratório, emocional, mental e espiritual.

Aos que estão preocupados apenas com a prática física, há tipos de ioga que fazem o corpo transpirar e perder calorias.

“Os atletas de altaperformance descobriram que os aspectos emocionais e mentais são uma porcentagem significativa do desempenho, e, por isso, muitos deles fazem do ioga parte do seu treinamento”, diz.


Pilates - Os princípios

O pilates foi criado no começo do século passado pelo alemão Joseph H. Pilates que se inspirou, segundo Leandro Neves, diretor do Pilates Studio Brazil Unidade Lamenha Lins, em Curitiba, em diversas formas de expressão corporal, como ioga, dança, ginástica olímpica, boxe e em seus princípios de concentração, respiração, fluidez e controle dos movimentos, para criar um sistema de exercícios mais complexo. A prática é dinâmica e uma coreografia de movimentos centraliza os trabalhos no abdome, na lombar e no quadril, para deixar os membros livres para se exercitarem. Há aulas de solo e aparelhos.

A defesa

Entre os principais benefícios da prática, estão o aumento da resistência física e mental, da flexibilidade e do tônus muscular, a redução de dores e tensões musculares, a melhora da coordenação motora e da oxigenação do sangue, o fortalecimento dos órgãos internos por meio do estímulo feito com os movimentos, o aumento da concentração e a estimulação da drenagem linfática. “Apesar de ser um exercício vigoroso, a sensação após a prática é de relaxamento”, diz Neves.

Quem se habilita?

“O método se adapta à pessoa. Por isso, não há contra-indicações”, comenta Neves. O pilates trabalha a amplitude do movimento e não a sobrecarga, o que reduz o impacto e os riscos.”

Um pelo outro

Uma das diferenças do pilates para o ioga é o emprego de equipamentos, o que facilita a prática. Mas boa parte dos benefícios delas se assemelha.

Fonte: Gazeta do POvo

 

Receba novidades





revista-vedanta

Dê uma mão!

de-uma-mao

Gostou do Portal?
Apoie esse projeto independente através de compras na nossa Loja ou clicando nos links patrocinados abaixo: