Portal Yoga Brasil

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Deitada de costas Setu Bandhasana (Ponte)

Setu Bandhasana (Ponte)

Henrique Saad
kk
A Ponte é uma asana excelente para aumentar a flexibilidade e força da coluna. Aumenta a circulação sanguínea no cérebro e balanceia a glândula tiróide. Deve ser feita quando se está previamente aquecido para evitar lesões na coluna. 


llInício:
1. Deite de costas com os seus joelhos flexionados.  Pés na distância do quadril e aproximadamente 30cm afastados de seus glúteos. Braços estendidos  ao lado do corpo, com as palmas das mãos pressionando o chão.
2. Pressionando os pés e mãos contra o solo, começe a levantar lentamente a coluna do chão (vértebra por vértebra, começando pela base do quadril).
3. Estável na posição, una as mãos e entrelace os dedos. Lentamente ajuste a posição dos ombros, fazendo com que as escápulas (omoplatas) se juntem e haja a expansão do tórax. Sinta os ombros conectados com o solo.  Respire profundamente e feche os olhos. 



Finalizaçã
kko:
1. Expire e abaixe lentamente a sua coluna em direção ao solo, vértebra por vértebra, começando pela parte superior da coluna em direção à inferior. Ao final, faça a postura da Criança ou Pavanmuktasana para aliviar a tensão das costas.

Respiração:
Inspire lentamente enquanto estiver erguendo a sua coluna. Mantenha a respiração profunda durante a postura. Expire lentamente ao retornar a coluna ao solo.  

Pontos de Segurança:
1. Durante a postura, note que as coxas estão paralelas (evite a tendência de abrí-las junto com os joelhos para as laterais).
2. Use a força de suas coxas (imagine estar segurando um bloco entre as coxas) e pressione os pés e mãos contra o solo para manter-se estável na posição.  
3. Note que o umbigo está em uma posição inferior ao quadril, para evitar uma hiper-extensão da lombar.


Variação:
1)    Suporte da mão: se há dores na lombar, use a base da palma da mão como suporte na cintura. Os cotovelos estarão pressionando o chão nessa variação.
Benefícios:
1. Aumenta a flexibilidade e força da coluna, beneficiando os nervos do sistema nervoso simpático e parassimpático.
2. Abre e relaxa o peito, coração e pulmão.
3. Tonifica os órgãos reprodutivos.
4. Balanceia a glândula tiróide e os três primeiros chakras (Muladhara, Svadhisthana, Manipura).
5. Aumenta circulação sanguínea no cérebro.

Precauções:
1. Não deve ser praticado por quem tem pressão alta, problemas cardíacos, úlceras no estômago, glaucoma ou hérnia.
 
Boas práticas!
 
Hari Om Tat Sat

Henrique Saad: no caminho da Yoga desde 2005, dá aulas e retiros na Chácara Anahata, em São Roque -  www.chakraanahata.org  --  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Advertência:
Este conteúdo é de uso estritamente informativo e recomenda-se, sempre, o auxílio pessoal de um instrutor qualificado.

 

Saiba mais:

A importância do aquecimento.

Benefícios das asanas.

Dicas para a prática de asanas.

 
Henrique Saad Instrutor de Yoga na Chácara Anahata (São Roque-SP)


Receba novidades





revista-vedanta

Dê uma mão!

de-uma-mao

Gostou do Portal?
Apoie esse projeto independente através de compras na nossa Loja ou clicando nos links patrocinados abaixo: