Portal Yoga Brasil

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Filosofia Artigos Angry birds yoga: filosofia nos olhos de quem a vê

Angry birds yoga: filosofia nos olhos de quem a vê

Equipe Yoga Brasil

O conhecimento pode ser praticado em qualquer ambiente. Foi muito filosofia para quem esperava tecnologia? Então eu explico melhor: sempre esperamos encontrar a sabedoria no formato Paulo Coelho, mas os monges da era da tecnologia da informação diversificam e não usam apenas a natureza ao redor para mandar sua mensagem. Pelo menos não o professor de Yoga Giridhari Das. Este Hare Krishna que vive cercado pela natureza em plena Chapada dos Veadeiros, em Goiás, em um retiro chamado de Paraíso dos Pândavas, foi inspirado pelas aves de um jogo de computador para passar adiante os fundamentos do Yoga presentes no clássico da autorrealização Bhagavad-Gita.

Giridhari tem uma visão, digamos, transcedental para a luta épica da família de aves que tenta recuperar seus ovos roubados pelos porcos verdes de Angry birds, da Rovio Mobile. O jogo que, em todas as suas plataformas, tem mais de 200 milhões de cópias comercializadas, desperta significado diferente no mestre de Goiás: o pássaro azul representa a verdadeira natureza; o vermelho, a língua; o preto, a meditação; o amarelo, a inteligência, e o branco, a sabedoria. Os porcos verdes larápios de ovos? Inimigos que usurpam a felicidade e a paz de espírito.

Segundo artigo Angry birds Yoga – Como eliminar os porcos verdes da sua vida, escrito por Giridhari e enviado (por e-mail e em inglês) para a Rovio, “munido com o pássaro branco e usando a inteligência do pássaro amarelo, recordando a sua verdadeira natureza (ave azul), por praticar a meditação (pássaro preto), vivendo uma vida nobre (ave bumerangue), controlando os seus sentidos, começando com a língua (pássaro vermelho), com grande determinação (grande pássaro vermelho) e por último, mas não menos importante, buscando sempre a ajuda do Divino (a poderosa águia, presente no último estágio do game), você pode detonar os porcos verdes de mentalidade destrutiva e levar uma vida abençoada”.

A ideia ganhou espaço na mídia nacional e internacional e o CEO da Rovio – Peter Vesterbacka, respondeu: “Muito legal! Eu posso ver Angry yoga se tornar uma mania em todo o mundo”. Ou seja, a filosofia está nos olhos de quem a vê e parece que Vesterbacka também a enxerga!

Confira o artigo na íntegra aqui.

Fonte: Diário de Pernambuco
 

Receba novidades





revista-vedanta

Dê uma mão!

de-uma-mao

Gostou do Portal?
Apoie esse projeto independente através de compras na nossa Loja ou clicando nos links patrocinados abaixo: