Portal Yoga Brasil

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Mente Respiração e a Mente

Respiração e a Mente

Henrique Saad

Pranam amigos,

Compartilho precioso ensinamento que li em trecho do livro A Practical Guided to Holistic Health, de Swami Rama. Para quem quiser se aprofundar, o livro é uma leitura inspiradora. Apreciem!

A ciência médica está começando a descobrir que a maioria das doenças é psicossomática. Muitas vezes, as doenças que se manifestam em nosso corpo têm sementes que se encontram em nossas mentes.  Mas, justamente por não sabermos exatamente como o corpo e a mente se relacionam e interagem, nós falhamos em compreender como essas doenças, depositadas profundamente em nosso campo mental, se manifestam em nossos corpos. As escrituras, como os Upanishads e Yoga Sutra, explicam essa relação corpo-mente.

Esses textos descrevem com grande detalhe a dinâmica da mente e suas modificações. Ali nós descobrimos como os nossos pensamentos afetam o nosso sistema nervoso, como nossas emoções influenciam o funcionamento do sistema endócrino, e quanto impacto nossos pensamentos positivos e negativos tem em nossos corações. O estudo da relação corpo-mente conclui que é a nossa respiração que mantém unidos, bem como alimenta, o nosso corpo e mente. Respiração é a chave para o nosso bem-estar, nossa saúde física e mental.

Então, vamos examinar o que é a respiração. Como nós respiramos? E o que ganhamos além da absorção de oxigênio e da eliminação de dióxido de carbono? De acordo com as escrituras de Yoga, a respiração é a protetora da Cidade da Vida. Duas sentinelas – inspiração e expiração – estão constantemente olhando pela cidade que você chama de corpo. Mesmo quando você dorme, elas se mantém acordadas. Elas estão constantemente trabalhando para você.

Vamos examinar a anatomia da respiração. Normalmente, você enche os pulmões de ar quando inspira e elimina dióxido de carbono quando expira.  A respiração é crucial para nos prover energia fresca da atmosfera e eliminar toxinas do corpo. A função da respiração de manter a saúde física e nos manter vivos é conhecida pelo mundo médico. Mas a ciência moderna sabe pouco, ou quase nada, sobre a função da respiração em manter a saúde mental.

Entender a relação entre a respiração e as funções da mente é um ponto central para o estudo de yoga. De acordo com os yogis, apenas quando você aprender um pouco sobre sua respiração será possível começar a entender como funciona a sua mente consciente. No moderno sistema de educação, aprendemos como treinar a mente consciente para coletar e armazenar informações e nos tornarmos hábeis profissionais. O sistema de educação moderno, entretanto, não presta qualquer atenção em como nutrir e tornar essa mente vibrante e ativa. O resultado é que, hoje, muitas pessoas sofrem de sobrecarga mental. Até pessoas jovens e adolescentes carregam um grande peso sobre suas cabeças . Ao vê-las, meu coração sofre. Me pergunto o que há de errado com essa gente? Por que elas não conseguem resolver esse problema, que é tão simples?

Pelo aprendizado de algumas técnicas simples de respiração, essas pessoas podem energizar seus cérebros e sistema nervoso, jogar fora os  seus pesos mentais, clarear suas mentes e aguçar o seu intelecto. Mas em vez disso, as pessoas vão vivendo nessa desnutrição mental até que um dia todo o sistema entra em colapso. Então elas vão procurar a cura no mundo externo – conselheiros, psicoterapia e medicamentos pesados. De acordo com os yogis, viver nessa condição significa deixar forças externas comandarem o seu mundo mais íntimo – sua mente. Não existe maior escravidão do que deixar outra pessoa comandar sua mente. A pessoa que emprestou sua mente para outra nunca poderá ser feliz. Portanto, é melhor você assumir o comando de sua mente; ser o mestre de sua mente; ser o criador de seu destino. Você pode fazer isso quando você aprende a respirar corretamente.

Quando eu vim para os EUA pela primeira vez, não conseguia entender o por quê das pessoas andarem carregando tanta tensão em seus ombros. Em cidades como Nova Iorque e Detroit, parecia até que os elementos estavam carregados de estresse. Você podia sentir o estresse no próprio ar. Eu pensava o por quê de ver lindos prédios, grandes lojas, carros bacanas, pessoas ganhando muito dinheiro, e ainda assim parecia que os seus ombros não eram capazes de carregar o peso de suas cabeças. Quando prestei atenção, percebi  que  a maior parte das pessoas não respirava corretamente. Fiquei chocado ao ver que a parte mais importante do corpo envolvida no processo respiratório estava praticamente congelada. Você sabe que parte é essa? É o diafragma – o músculo que, quando contraído, pressiona contra os pulmões, expelindo ar, e quando relaxa, permite que os pulmões expandam, trazendo ar para dentro. Eu vi pessoas vivendo com a “respiração torácica” e achei isso nada natural e científico.

Nos Himalaias, meu mestre e outros adeptos me ensinaram que somente com a respiração profunda e suave, sem espasmos, barulhos, ou pausas, você pode regular as funções de seus órgãos internos bem como as funções de sua mente.  Eu fui ensinado que através da respiração diafragmática, eu poderia regular o meu processo de pensamento, fortalecer minha memória, e prover um grau de relaxamento tão grande para meu corpo e mente que poderia reduzir o meu ciclo de sonhos. Através da prática de métodos apropriados de respiração, eu poderia alcançar um sono tão profundo em que a mente encontra o mais profundo descanso e, portanto, eu não tinha que desperdiçar minha noite rolando pela cama, sonhando e roncando. Mas aqui, era raro encontrar pessoas respirando de uma maneira saudável. Isso me fez entender a razão de um grande percentual da população dos Estados Unidos ser clinicamente diagnosticada como esquizofrênica.

Por que as pessoas são irritáveis? Por que elas perdem a cabeça tão facilmente? Por que sua paciência minguou? A resposta é simples – suas mentes, e seus canais energéticos por onde elas viajam, são mal alimentadas. Se aprender o método correto de respirar, você pode rejuvenescer sua mente. Você verá como as virtudes inatas de mente - como paciência, resistência e força de vontade – crescem.  É por isso que respirar corretamente é tão essencial para a prática da meditação.

Fonte: Swami Rama, A Practical Guided to Holistic Health, Himalayan Institute of the USA, Honesdale, Pennsylvania, 1980.

 

Boas práticas!
 
Hari Om Tat Sat

Henrique Saad: no caminho da Yoga desde 2005, dá aulas e retiros na Chácara Anahata, em São Roque -  www.chakraanahata.org  --  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Advertência:
Este conteúdo é de uso estritamente informativo e recomenda-se, sempre, o auxílio pessoal de um instrutor qualificado.

 

 

 
Henrique Saad Instrutor de Yoga na Chácara Anahata (São Roque-SP)


Receba novidades




Cuidando do seu Templo


revista-vedanta

Dê uma mão!

de-uma-mao

Gostou do Portal?
Apoie esse projeto independente através de compras na nossa Loja ou clicando nos links patrocinados abaixo: