Cursos promovem projeto de ioga para comunidade

PARANAVAÍ 30/11/2010 - Estudantes de Estética e Cosmética e Farmácia participam da atividade. Projeto de extensão já beneficiou estudantes da 5ª série de colégios.

Os cursos de Estética e Cosmética e Farmácia da Universidade Paranaense – Unipar, Campus Paranavaí, inovam mais uma vez no que tange à prestação de serviços que contemplam o bem-estar da comunidade.

Em conjunto, estão promovendo o projeto de extensão ‘Ioga para o bem-estar’, que objetiva levar às pessoas o conhecimento sobre os benefícios da prática de tal atividade. O projeto já beneficiou alunos da 5ª série do Colégio Enira e do Colégio Estadual de Paranavaí.
“O ioga teve origem na Índia há cinco mil anos. Abrange filosofia e técnicas que proporcionam ao ser humano inúmeros benefícios como o fortalecimento físico e flexibilidade, relaxamento, controle e a serenidade da mente, levando à clareza de pensamento e à percepção interior”, explica a coordenadora do projeto, professora Fátima Machado.
Para prática, algumas técnicas são utilizadas. A Ásanas (exercícios físicos que fortalecem o corpo, aumentam a agilidade e auxiliam na prevenção de doenças); a Pranayama (exercícios respiratórios que reeducam os músculos envolvidos na respiração, ampliando a força pulmonar), a Yoganidra (processo consciente de descontrair cada músculo e cada parte do corpo) e a Meditação, que consiste em ficar em uma posição cômoda e aquietar a mente, oferecendo a oportunidade de melhorar o autoconhecimento.
Segundo a professora, os benefícios do ioga são realmente vivenciados por meio da prática regular. “O projeto visa despertar, no participante, a observação pelo corpo, a postura, as tensões, e apresentar uma técnica que pode auxiliá-los a compreender melhor o própio corpo e buscar o tão almejado equilíbrio”.
Para os universitários que auxiliam no projeto, a experiência é valiosa. “É muito bom aprender uma técnica que se pode praticar no dia a dia para nosso benefício e ao mesmo tempo repassar para as pessoas, inclusive crianças, que se empolgam com essa possibilidade”, comenta a estudante Juliana Mendes Bueno.

Fonte: UNIPAR

Imprimir  

Artigos Relacionados

Bom lugar de estar

Arca do Amor na Fundação ORSA SP