Gastronomia Indiana

Gastronomia Indiana Acessos: 25246
gastroSe algo caracteriza à gastronomia da Índia é a fragrância e o peculiar sabor de suas especiarias. Todos os pratos estão temperados com as mais de 25 especiarias moídas com as que contam os cozinheiros indianos para dar seu toque pessoal. Cada combinação para os molhos é conhecida como masala.

Uma das mais conhecidas é o curri utilizado na actualidade em numerosos países europeus. A palavra curri procede da indiana "kari" que significa molho de especiarias Na realidade o curri é uma mistura de especiarias como o jengibre, cilantro, curcuma, noz-moscada, cardamono e semente de papoula, embora também pode levar cravo e açafrão.

Também se utiliza muito na cozinha indiana o iogurte misturado bem com curri, bem com açúcar o com masala, quer dizer, outro molho de especiarias

Para começar pode-se tomar variados aperitivos como samosas, frituras, doisa e vodca.

As verduras são frescas e de grande qualidade. Sobretudo no sul do país pode-se experimentar pratos vegetarianos como o cutney de coco, os sambar com idili e os masala doisa (arroz fermentado e lentilhas). No país todos podem comer dhal, piré de lentilhas com vários vegetais, além dos deliciosos bajji raitas, yogurte com pepinos e menta. No norte do país, o arroz costuma substituir-se por tortas conhecidas como Puris, Chapatis e Nan.

Os pratos de carne são muito saborosos como o Rogam Josh, cordeiro ao curri, as Gushtaba, almôndegas com especiarias em iogurte, o Dham sak, cordeiro o frango com lentilhas ao curri e o Biryani, frango o cordeiro com arroz, com sabor a laranja e alinhado com açúcar e água de rosas. É interessante também a cozinha Tanduri baseada em frango, carne o peixe temperado com ervas aromáticas e assados em forno de barro. Como pratos nortenhos de carne destacam os kababs, espécie de brochetas de carne de cordeiro com verduras.

Como pratos de peixe destacam o pato de Bombaim que, na realidade é um peixe chamado bombloe que consome-se frito ou com curri, o pomfret, salmão indiano, o Dahi Mach, peixe ao curri com iogurte e sabor de cúrcuma e jenjibre e os Mailai, camarões ao curri com coco.

As sobremesas indianas são realmente deliciosas. Junto há frutas frescas como bananas, mangas, morangos, damascos, laranjas e granadas encontram-se uma grande variedade de doces na forma de pudins feitos com leite, pastéis e crepes. Os mais conhecidos são as Rasgullas, bolas de creme de queijo com água de rosas, os Gulab Jamuns, farinha e leite com xarope açucarado e as Jalebi, fritura de lentilhas banhadas em caramelo, de sabor muito curioso. Não deixe de provar o fantástico sorvete indiano, o Kulfi.

Como digestivo para depois das comidas os indianos comem pão, uma folha de betel recheada de anis e cardamomo.
Em todos os hotéis das grandes cidades pode-se comer cardápio internacional mas a cozinha indiana é muito gostosa e merece a pena conhece-la. Lembre-se que na Índia é costume comer com os dedos, porém, somente com os da mão direita.


Bebidas

A bebida mais tomada na Índia é o chá que pode-se encontrar de múltiplas variedades. Costuma-se tomar com muito açúcar e leite. Os habitantes do sul preferem, porém, o café. Como bebidas típicas muito refrescantes destacam o Nimbu pani, de limão, o Lassi, creme de leite gelado e o água de coco ingerida directamente do fruto. A cerveja e a genebra nacionais são de excelente qualidade e não são caras. Encontra-se sem dificuldade todo tipo de refrigerantes, água mineral e licores ocidentais. É aconselhável beber água engarrafada. Se desejar tomar álcool lembre que é preciso uma permissão para sua consumação em Tamil Nadu e Gujarat.

Imprimir
Reporter Yoga
Reporter Yoga

Artigos Relacionados

A nova onda da Índia

Picante reino das especiarias