Meditando há seis meses, menino é tido como novo Buda

Curiosidades Acessos: 2230

new_buddha_boy_ram_bomjan
Um adolescente de 15 anos que estaria meditando há seis meses no sul do Nepal é considerado na região a nova encarnação de Buda.

Impressionados com o fenômeno, cientistas têm tentado estudar Ram Bahadur Bamjan sem atrapalhar a sua meditação.

Os amigos e parentes de Bamjan dizem que ele não bebe água há seis meses e que vai continuar assim por seis anos até receber a iluminação, como aconteceu com Buda em Lumbini, a 250 km do Nepal.

Siddartha Gautam, que posteriormente atingiu o Mahanirvana e se tornou Buda, nasceu em 560 A.C.

Visitantes

A façanha do adolescente se espalhou rapidamente e as pessoas da região da vila Ratanapuri começaram a ir ver Bamjan, que está sentado de pernas cruzadas, pose tradicional de Buda, embaixo de uma árvore peepal.

Os seus olhos estão fechados e quase totalmente cobertos pelo cabelo, que cresceu nos últimos meses. O corpo, firme, está envolvido por um xale claro.

A fotografia de Bamjan aparece com frequência nos jornais e as pessoas procuram se atualizar sobre o estado dele.

Muitos na sua região já o adoram como a reencarnação de Buda e adornam a árvore sob a qual ele medita e acendem incensos.

O maior movimento de pessoas gerou oportunidades econômicas.

"Quase 500 mil rúpias (US$ 7 mil) foram depositadas no banco por devotos", diz um alto funcionário do governo local, Prajapati Koirala. O valor não inclui as doações feitas no local.

A população da região criou uma comissão para assegurar que Bamjan tenha o ambiente certo para meditar e para gerenciar o fluxo de visitantes.

As pessoas querem saber principalmente se ele fica sentado na mesma pose e medita durante toda a noite, e se ele realmente não come nem bebe nada.

Algumas pessoas dizem que ele não come nada desde começou a meditação, outros dizem que no início ele tomava um líquido leitoso extraído das raízes da árvore.

A maioria dos seres humanos pode sobreviver sem comida por várias semanas, já que o corpo extrai energia dos estoques de gordura e proteína. Mas em média uma pessoa não resiste a mais de três a quatro dias sem água.

Comprovação científica

Os supostos poderes extraordinários de líderes religiosos são raramente submetidos a uma investigação científica, mas a cobrança por provas vem aumentando.

"Nós concordamos em conduzir um exame científico nele", afirmou Koirala.

Segundo ele, cientistas da Academia Real de Ciências e Tecnologia do Nepal estão a caminho de Ratanapuri para examinar o adolescente.

O desafio é fazer isso sem tocar Bamjan.

"Pelo menos os cientistas vão poder ver se ele medita a noite inteira ou não", disse Deekpal Chaudhary, que vende incensos aos visitantes.

A família de Bamjan diz que ele sempre foi diferente dos seus quatro irmãos. Ele não falava muito e mantinha-se sempre à distância.

A sua professora de colégio, Saiden Lama, disse que "ele nunca tocou álcool".

Ainda segundo a família e os amigos, Bamjan começou a meditar quando voltou de uma viagem a Lumbini, a cidade onde Buda nasceu, e monastérios de Pokhara, no Nepal, e Dehradun, na Índia.

O primo dele, Prem Lama, disse que Bamjan só falou algumas vezes desde que começou a meditar. A primeira vez teria sido quando uma cobra o picou, há cerca de um mês.

O adolescente teria interpretado oincidente como um teste, que precisava superrar, disse o primo. Ele já havia sido picado por uma cobra três meses depois de dar início à meditação.

Depois de ser picado, Bamjan teria pedido a ajudantes para pôr uma cortina em volta dele.

"Em menos de uma semana, ele pediu para nós tirarmos a cortina", disse Prem Lama.

Fonte: BBC Brasil
Imprimir
Felipe Heiselmann
Felipe Heiselmann

Artigos Relacionados

Gurulândia

O Guru de Pirapora

Yoga do Riso